Cabelo de verdade

Vira e mexe, amigas me pedem dicas de coloração, cortes. Às vezes, saio na internet em busca de imagens reais e quase sempre o que a gente encontra são fotos em que se vê claramente que os cachos foram modelados com baby liss e que a luz dá aquele brilho especial para as madeixas.

Enfim, é algo perigoso porque, mesmo nas revistas de cabelo, a gente percebe que existem mais técnicas feitas no cabelo da modelo do que descrevem as legendas. Quando eu radicalizei o corte, fiz um pedido ao cabeleireiro: “não quero que você seque, nem modele. Quero saber como meu cabelo vai ficar naturalmente.” Quantas vezes a gente sai linda do salão e, depois da primeira lavagem, a franjinha arrepia, o cabelo parace uma juba. E por mais que a gente tente, com secador, não consegue aquele efeito do salão.

Por isso, fique de olho quando fizer um corte ou coloração. O segredo é escolher um bom profissional. Seja sincera e diga o que espera do cabelo: que prefere secar os fios naturalmente ou até mesmo com o secador, mas de um jeito possível de repetir no dia a dia em sua casa. E se quiser, pegue você mesma o secador e peça orientações ao profissional. Assim você não fica frustrada e, tampouco, vira refém do salão de beleza.

E você? Gosta que o cabeleireiro manipule seus cabelos, mesmo sabendo que em casa tudo será diferente? Ou faz como eu?

Leave a comment

Your email address will not be published.


*